domingo, 18 de dezembro de 2016

IX - Nos Bastidores da Morte

Olhava, então, a morte de frente. Nunca antes em sua vida havia enfrentado algo desse tipo, em que o fim é algo iminente e quase inevitável. O fato de ser astuto de nada valia naquele momento, pois a hora era de pavor e tensão, nada havia em que pudesse se apoiar senão a compaixão do próprio inimigo. Por vezes a vida nos coloca diante de uma situação em que a sua frágil vida depende da compaixão de um adversário feroz, o que põe em xeque a crença de um homem sobre outro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário